Nos acompanhe através das redes socias

Boletim Informativo

Para manter-se atualizado, cadastre seu e-mail e receba os nossos informativos periódicos!

08 de Novembro de 2019

Clipping – Dol - Casamento coletivo unirá 58 casais para celebrar cultura de paz em Belém

Fonte: Dol

Uma cerimônia de casamento comunitário, que oficializará a união de 58 casais, encerrará as atividades da XIV Semana Nacional de Conciliação. Programado para o próximo sábado (09), às 8 horas no auditório des. Agnano Monteiro Lopes, do Fórum Cível de Belém, o casamento será celebrado pela juíza diretora do Fórum Cível de Belém, Margui Gaspar Bittencourt, pela juíza Ana Lúcia Lynch e pela juíza Eliane Figueiredo, titular da 4ª. Vara de Família.

O Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), que executa a Semana Nacional de Conciliação no estado do Pará, garante a isenção de custos aos casais, por meio de uma parceria com o Cartório de Registro Civil 2º. Ofício Guedes de Oliveira, com a emissão gratuita das certidões.

XIV Semana Nacional da Conciliação

Até o dia 8 de novembro, data de encerramento da XIV Semana da Conciliação, o Judiciário paraense programou 5.049 audiências de conciliação em 101 unidades judiciárias do estado. Palestras, um painel e um casamento comunitário em Benevides também fizeram parte das atividades da semana. Para integrar a programação de audiências e sessões, foram selecionados processos com possibilidade de acordo e as partes envolvidas foram intimadas a comparecer às audiências de conciliação e sessões de mediação nas unidades judiciárias, onde têm a possibilidade de solucionar seus conflitos de forma mais célere.

Coordenado no âmbito estadual pela desembargadora Dahil Paraense, à frente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), do TJPA, o esforço reúne 455 magistrados, com o apoio de 1.104 servidores, além de 810 conciliadores e 296 colaboradores terceirizados ou voluntários.

A semana pretende disseminar e fortalecer a cultura da paz e do diálogo, além de desestimular condutas que tendem a gerar conflitos, em conformidade com o Novo Código de Processo Civil, que pretende converter o processo em instrumento incluído no contexto social, dando ênfase à possibilidade de as partes porem fim ao conflito pela via da mediação ou da conciliação.


Fonte: Dol

Confira Também