Nos acompanhe através das redes socias

Boletim Informativo

Para manter-se atualizado, cadastre seu e-mail e receba os nossos informativos periódicos!

18 de Março de 2019

TJ/AC: Por melhor qualidade dos serviços, Serventia Extrajudicial na Vila do Incra (AC) recebe novas instalações

Fonte: TJ/AC

Mudança visa garantir a melhoria nos serviços prestados à população local e a segurança dos atos jurídicos praticados.

Na manhã desta sexta-feira, 15, na Comarca de Porto Acre, foram entregues as novas instalações da Serventia Extrajudicial, que presta serviços cartorários à população local. A unidade, que conta com uma sala decorada e reservada para realização dos casamentos, está localizada na Vila do Incra, uma das cinco microrregiões que compõem o referido município.

Para o ato, estiveram presentes o corregedor-geral da Justiça, desembargador Júnior Alberto, o juiz-auxiliar da Corregedoria, Leandro Gross, o prefeito do município, Bené Damasceno, diversas outras autoridades locais e a população, que conheceu o novo espaço, que será administrado pelo delegatário interino Evaney de Araújo Silva.

Na oportunidade, o corregedor-geral explicou que o objetivo da mudança é fornecer mais segurança aos atos jurídicos praticados no âmbito da Comarca e garantir a melhoria dos serviços prestados.

“Nas Serventias Extrajudiciais é onde se documenta todos os atos da nossa vida, desde o nascimento até o óbito, também o casamento e podemos observar pela estrutura que tudo foi feito com zelo, para que os serviços prestados sejam de qualidade, confiabilidade. Então, quem ganha com isso é a população, as demais instituições, pois vocês não precisaram mais se deslocar para Rio Branco para ter o serviço”, comentou o desembargador Júnior Alberto.

Já o juiz-auxiliar da Corregedoria-Geral da Justiça ressaltou a importância dos serviços serem prestados com segurança e credibilidade. “Esse cuidado com a documentação é algo que nos chama a atenção. Pois, para nós da Corregedoria é importante a segurança dos atos que são praticados”, disse o magistrado.

Confira Também