Nos acompanhe através das redes socias

Boletim Informativo

Para manter-se atualizado, cadastre seu e-mail e receba os nossos informativos periódicos!

15 de Março de 2019

Cartórios celebram união de 100 casais de refugiados

Fonte: Assessoria de Comunicação dos Cartórios de Roraima

Em parceria com o Tribunal de Justiça, cerimônia coletiva inédita no Brasil, será realizada nesta sexta-feira (15)



Nesta sexta-feira (15), cerca de 100 casais de refugiados irão oficializar a sua união. Os Cartórios de Roraima, em parceria com o Tribunal de Justiça de Roraima, por meio da Vara da Justiça Itinerante, realizam a cerimônia, a partir das 9h30, no abrigo Rondon I, administrado pela Operação Acolhida.

É a primeira vez que um casamento coletivo de refugidos é realizado no Brasil. Os casais são acolhidos nos abrigos Rondon I e II e poderão assim, regularizar seu estado civil, por meio do Casamento Civil.

De acordo com o juiz de paz e tabelião do Cartório do 1º Ofício, Joziel Loureiro, a cerimônia, inédita, trará mais dignidade e proteção lega para as famílias. “Até onde sabemos é a primeira vez que será celebrado um casamento civil coletivo de refugiados no país, talvez, no mundo. Nós já vínhamos fazendo isso há três anos, mas com casais brasileiros, chegando a mais de 1500 casamentos realizados, de forma coletiva e gratuita. Agora conseguimos alcançar os refugiados, proporcionando a eles esse mesmo direito, efetivando essa condição de dignidade, de ter a sua relação afetiva reconhecida com toda a legalidade que um casamento em cartório oferece”, explicou Loureiro.

Um casamento celebrado fora dos cartórios pode chegar a custar até R$ 400. Todo o custo da cerimônia que unirá os 100 casais será de responsabilidade dos cartórios e parceiros da ação, de acordo com Joziel Loureiro.

Além de celebrar a cerimônia, o Cartório Loureiro prestou apoio para realizar a lavratura, com assessoramento sobre os atos de matrimônio, além dos procedimentos de habilitação para o casamento.

MAIS DE 1500 CASAIS – Desde que iniciou suas atividades no Estado, em 2016, os cartórios de Roraima já celebraram a união de mais de 1500 casais roraimenses, de forma gratuita, por meio de casamentos coletivos.

Confira Também