Nos acompanhe através das redes socias

Boletim Informativo

Para manter-se atualizado, cadastre seu e-mail e receba os nossos informativos periódicos!

23 de Novembro de 2018

Edição de 2018 do PQTA premia 55 cartórios de Registro Civil em todo o País

Fonte: Arpen/BR

O Prêmio de Qualidade Total (PQTA 2018), evento anual realizado pela Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), que visa premiar as serventias extrajudiciais com excelência de gestão e qualidade no atendimento, premiou neste ano 55 cartórios de Registro Civil de todo o País. A cerimônia de entrega do prêmio foi realizada no dia 14.11, em São Paulo (SP).

Entre os cartórios do RCPN premiados, 22 cartórios em todo o País conseguiram a premiação máxima (Diamante), 12 conseguiram Ouro, 15 conseguiram Prata, três conseguiram bronze e três tiveram menção honrosa


A auditoria das serventias participantes foi realizada pela APCER Brasil, integrante do Grupo de Associação Portuguesa de Certificação, referência no setor. Foram avaliados 10 critérios: Estratégia; Gestão Operacional; Gestão de Pessoas; Instalações; Gestão de Segurança e Saúde no Trabalho; Gestão Socioambiental; Gestão da Informatização e Controle de Dados; Gestão da Inovação e Compliance. Cada critério gera pontuações que totalizam a premiação e classificam nas seguintes categorias: Bronze, Prata, Ouro e Diamante.

O registrador e tabelião, Eduardo Kindel, do Tabelionato de Notas e Registro Civil e Especiais de Rolante (RS), premiado na categoria Diamante, acredita que a premiação é uma motivação para a equipe de colaboradores persistir e se comprometer ainda mais a entregar um serviço de excelência.

“Tão importante é a implantação de um modelo de gestão aperfeiçoado, com um planejamento estratégico, estabelecendo missão, visão e valores. Há mais de três anos implantamos uma gestão de qualidade, voltada para as necessidades de nossos usuários, prestando-lhes um atendimento cordial, atencioso e qualificado. Em 2017, conquistamos a premiação do PQTA na categoria Ouro. Já em 2018, com o enquadramento da serventia na NBR 15906-ABNT, obtivemos a premiação na categoria Diamante. A gestão de excelência é a melhor forma de entregar um serviço diferenciado e manter a equipe motivada”, relatou.

Também registrador e tabelião, Joel Ivo Cabral, do Serviço Notarial e de Registro de Minas do Leão (RS), que conquistou a categoria Ouro, ressaltou que o Prêmio é uma oportunidade para os cartórios compartilharem com a sociedade sua busca por uma melhor prestação de serviços.

“Para nós foi um reconhecimento ao desafio da superação. Desde o início das atividades temos cuidado com o bom atendimento da população, que encontra nas serventias das pequenas cidades um centro de soluções. Buscamos crescer de forma sustentável, com o objetivo de proporcionar melhorias contínuas, tanto organizacionais como estruturais. Desta forma podemos cumprir nosso propósito de servir com excelência e responder aos novos desafios que surgem diariamente. Nos sentimos duplamente honrados, pois além dos frutos desse esforço, com mais de 90% de conformidades atendidas em um criterioso processo de auditoria, estamos contribuindo para o fortalecimento dos serviços notariais e registrais, instituições tão essenciais ao futuro da nação”, disse.


Participando desde 2012, o cartório de Registro Civil de São Mateus, administrado por Daniela Mroz, que venceu na categoria Diamante, fala da evolução da serventia ao longo dos anos, que culminaram na premiação do último dia 14.11. “O papel da auditoria no crescimento da qualidade da Serventia é palpável. Os requisitos para atingirmos a excelência foram crescendo ao longo dos anos, o que nos força a nos aperfeiçoarmos ainda mais. O respeito de nossa equipe e de nossos clientes só tende a crescer com o reconhecimento alcançado através do Prêmio. Aconselho a todas as serventias a participar das próximas edições”, afirmou.


O cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais e Tabelião de Notas do 30º Subdistrito de Ibirapuera (SP), também venceu na categoria Diamante. A serventia é administrada pelo oficial Rodrigo Valverde Dinamarco, para quem, foi a melhoria humana que elevou o patamar da serventia a ponto de vencer o prêmio.

"Para nós era de suma importância que a busca por novas técnicas de gestão se desse com qualidade e que isso transcendesse o plano do discurso (quase sempre politicamente correto) para alcançar o plano do comportamento”, explicou Dinamarco.


Vencedor do PQTA pela 3ª vez, o cartório de São Vicente, administrado por Ana Paula Goyos Browne, destaca que o clima organizacional melhorou em consequência do Prêmio.

“O PQTA contribuiu para a satisfação dos colaboradores. O Prêmio é um ótimo incentivo para a equipe empenhar esforços na melhoria da prestação de serviço. A auditoria serve como forma de controle das metas e desempenho e nos impulsiona para melhorar sempre”, disse.

 

A premiação

Em sua 14º edição, o PQTA 2018 bateu recordes: pela primeira vez foram inscritos 201 cartórios e premiados 181.

Participaram 25 estados brasileiros, sendo São Paulo o recordista de unidades premiadas, com 36 unidades. Ao todo, 77 cartórios foram premiados na categoria Diamante, 45 na categoria Ouro, 40 na categoria Prata, 14 na Bronze e quatro receberam menção honrosa.  

Além disso, o PQTA 2018 contou com o apoio oficial da Corregedoria Nacional de Justiça e de Corregedorias Estaduais de todo o País.

Confira Também